Toca Rufar - Projecto de Percussão | Patrimonialização

Toca Rufar - Projecto de Percussão

Construção e Práticas Tradicionais Coletivas do Bombo em Portugal

 



Em Janeiro de 2016 e na sequência da realização do I Congresso do Bombo (2015), o Tocá Rufar deu início à preparação da Candidatura para a Patrimonialização da Construção e Praticas Tradicionais Coletivas dos Bombos em Portugal e à Lista Representativa do Património Cultural Imaterial da Humanidade (UNESCO - Convenção para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial - CONVENÇÃO 2003).
 
Estes Congressos do Bombo pretendem promover e valorizar as artes populares, a percussão tradicional, e o “bombo” enquanto instrumento icónico e de referência na identidade cultural do nosso país.

O Congresso do Bombo e tem como lema:

DAR A VOZ AOS TOCADORES
 
Viva o Bombo, viva Portugal.


 

 

 
 



 




​ ​


​ ​


O Congresso do Bombo é um evento organizado anualmente pela Associação dos Amigos do Tocá Rufar com o objectivo de colocar a cultura tradicional portuguesa em posição de destaque e de permanente valorização. Tendo sua primeira edição em 2015, o Congresso do Bombo foi concebido como um lugar de encontro entre diferentes tocadores, projectos e organizações com intervenção no âmbito da percussão tradicional portuguesa.


Durante o Congresso, tocadores tradicionais das Beiras, do Minho e do Douro têm contacto com os tocadores das orquestras modernas, criando momentos de profunda partilha e aprendizagem, onde as práticas do bombo são as protagonistas máximas.


Neste percurso das edições do Congresso do Bombo, o evento consolidou-se como um espaço de reflexão e debate, privilegiando o reconhecimento da relevância patrimonial do bombo e das tradições a ele ligadas, o seu valor excepcional como símbolo identificador de Portugal, o seu enraizamento profundo na tradição e história cultural do país, o seu papel na afirmação da identidade cultural e a sua importância como fonte de inspiração e de troca intercultural entre povos e comunidades.

 

Porquê os Congressos do Bombo


Em Janeiro de 2016 e na sequência da realização do I Congresso do Bombo (2015) o Tocá Rufar deu início à preparação da candidatura da “Construção e Práticas Tradicionais Colectivas dos Bombos em Portugal” à Lista Representativa do Património Cultural Imaterial da Humanidade. (UNESCO - Convenção para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial - CONVENÇÃO 2003) iniciado com a candidatura ao  Inventário Nacional do Património Cultural Imaterial (MatrizPCI)


I Congresso do Bombo - 28/29 Novembro de 2015
Aula Magna, Lisboa.

II Congresso do Bombo - 25/26 Novembro de 2016
Casa do Bombo, Lavacolhos e A Moagem, Fundão.

III Congresso do Bombo - 24/25/26 Novembro 2017
Casa das Artes, Amarante.

IV Congresso do Bombo - 23/24/25 Novembro 2018
Fórum Cultural do Seixal, Seixal


Edição em curso:


V Congresso do Bombo - Vila Real de Trás-os-Montes - 22, 23 e 24 de Novembro 2019  

Universidade de Trás-os-Montes e alto Douro

PROGRAMA V CONGRESSO DO BOMBO disponível em www.bombo.pt

Próximas edições:

VI Congresso do Bombo - Viana do Castelo (2020)

VII Congresso do Bombo – Mafra (2021)

CONSULTE o Directório dos Grupos de Bombos em Portugal com mais de 350 grupos, em www.tocarufar.com.

INSCREVA o seu GRUPO no Directório dos Grupos de Bombos em Portugal  www.tocarufar.com.


Desde 2015, o Tocá Rufar realiza um congresso anual - o Congresso do Bombo. O congresso pretende constituir-se como um lugar de encontro de diferentes pessoas, projetos e organizações relacionadas ou com intervenção no âmbito da percussão tradicional. Pretende ainda ser um espaço potenciador de reflexão e debate, de investigação, aprendizagens e conhecimento, de inovação e criatividade, de novas ideias e projetos, de partilha de experiências e boas práticas, e de implementação de novas redes de cooperação.

Tocá Rufar nas Redes Sociais