Toca Rufar - Projecto de Percussão | Grupo de Bombos e Rancho Folclórico de Ourando - Ourando

Toca Rufar - Projecto de Percussão

Grupo de Bombos e Rancho Folclórico de Ourando - Ourando

Pequena História do Rancho
O Rancho Folclórico do Ourondo, foi fundado em 1937, por iniciativa do Arquitecto Salles Viana e de Esmeralda Salvado. O Rancho manteve-se activo durante vários anos, mas com o decorrer da 2ª Guerra Mundial (década de 40), perdeu um pouco do seu encanto. No inicio dos anos 50, e pelo mérito do pró. António Gil Carvalheira é reanimado com actuações apenas em romarias da aldeia. Na década de 60 devido à emigração para França e Canadá verificou-se uma desertificação da nossa terra, um empobrecimento de meios humanos fez paralisar toda a actividade do Rancho Folclórico. Em meados dos anos 70 com regresso de muitos ourondenses e seus familiares das antigas províncias ultramarinas, o Ourondo voltou a reanimar-se e mais uma vês deu vida ao Rancho Folclórico. 1984 d3evido a um problema de saúde da ensaiadora, este ficou mais uma vez inactivo. Finalmente em Dezembro de 1992, por iniciativa e mérito de José Genro dos Santos Carvalho, recomeçam os ensaios, a recolha de cantares e a pesquisa etnográfica, por iniciativa do ,então Presidente do Centro Cultural e Recreativo do Ourondo, transformando-se o Rancho Folclórico do Ourondo num verdadeiro mensageiro da sua Terra e Região, tanto a nível nacional, como no estrangeiro. Além de muitas actuações a nível nacional, o Rancho tem actuado também em França, Suíça e Espanha, tendo já recebido convites para deslocações ao Japão, E. U. A., Canadá, Luxemburgo, Bélgica e Alemanha. O Rancho folclórico do Ourondo procura unir a sua terra, participando nele toda a sua juventude e não existiria sem apoio e encorajamento que todos os ourondenses residentes em Portugal e no estrangeiro lhe têm dado. O Rancho Folclórico do O)Ourondo tem orgulho em representar de forma digna a sua terra, dando-a a conhecer aquém e além fronteiras, apresentando e divulgando os seus cantares, danças, trajes, usos e tradições não deixando que o nome Ourondo seja um nome de menos valia e apagado do mapa de Portugal e tentando inverter e tendência de mais uma terra no interior do nosso país condenada a desaparecer, dando-lhe estabilidade, criando raízes e investindo no seu capital mais valioso–a sua juventude.

Data de fundação: 10 de Janeiro de 1937
Data de filiação: 20 de Maio de 1998

Origem: Outando, Covilhã, Castelo Branco

Contactos:
Presidente Carlos Barata
969058833 - rancho@ourondo.org
Director Técnico José Santos Carvalho
Rua das Escola, nº 16, 6230-900  Ourondo

Responsável

Presidente Carlos Barata

Email

rancho@ourondo.org

Contacto

969058833