Toca Rufar - Projecto de Percussão | Ass. Ida e Volta - Zés Pereira Gigantones e Cabeçudos - braga

Toca Rufar - Projecto de Percussão

Ass. Ida e Volta - Zés Pereira Gigantones e Cabeçudos - braga

Em 1990, realizou-se o I Encontro Internacional de Gigantones e Cabeçudos.
Uma ideia original que foi introduzida nas Festas de S. João a título experimental que, no entanto, devido ao sucesso obtido nos anos seguintes, confirmou esta iniciativa como imprescindível no programa das festas, atraindo à cidade de Braga milhares de pessoas. Definiram-se objectivos, nomeadamente, preservar e divulgar a tradição dos gigantones, cabeçudos e zés p’reiras, bem como desenvolver uma actividade de interesse cultural e artístico para a região. Em 1993, o evento internacionalizou-se com a presença de grupos de Espanha e Inglaterra e, desde então, já desfilaram neste encontro inúmeras delegações estrangeiras. Foi também a partir deste ano que o programa se alargou a outras iniciativas, incluindo saraus culturais, exposições, acções de formação, intercâmbios, conseguindo, desta forma, um lugar de destaque no plano cultural, quer a nível local, quer a nível nacional e internacional.
A Associação Ida e Volta – Associação Cultural e Artística, foi fundada em 1996 e a sua primeira apresentação verificou-se no dia 7 de Setembro desse ano no “I Encuentro Internacional de Gigantes” em Puebla de Sanabria, Zamora, Espanha. Depois da estreia, este grupo efectuou diversas actividades de animação de rua, nacionais e estrangeiras, divulgando e preservando esta tradição popular, com grandes raízes no Norte de Portugal, tendo como figura principal o Zé Povinho. A 17 de Junho de 2006 este grupo apresentou três novas figuras que se identificam com a cidade de Braga, conhecida pela cidade dos Arcebispos - o Bispo, a Freira e o Acólito. Em 2009 aquando do 20º Encontro Internacional de Gigantones e Cabeçudos, a associação Ida e Volta, apresentou um gigante caricaturando o Exmo. Sr. Vitor Sousa, presidente da comissão de festas de S. João, em forma de homenagem pelo apoio prestado às festas de S. João e continuidade do Encontro Internacional de Gigantones e Cabeçudos. A 13 de Junho de 2010 inaugurou mais um gigantone, desta vez um Farricoco. O Farricoco é uma personagem típica das procissões da semana santa de Braga (Ecce Homo e do Enterro do Senhor). “Em tempos recuados competia aos farricocos a tarefa incómoda de lançar as pulhas, ou seja, de divulgar ou caluniar publicamente os mais íntimos segredos de cada família, a coberto da escuridão e do disfarce, atingindo, indistintamente, quem calhava. Outras vezes, após a procissão, espalhavam-se pelas ruas, noite dentro, causando medo a quem com eles se cruzava."

 

Ano de fundação: 1996
Componentes: bombos, caixas, acordeão, gaita-de-foles, gigantones, cabeçudos
Origem: Braga

Contactos:
Joaé Freitas
912261232, 962728420, idaevolta@hotmail.com

 

Responsável

José Freitas

Email

idaevolta@hotmail.com

Contacto

912261232